quarta-feira, maio 13, 2009

Dilema moral

Ano passado registrei o dominio fabricio.org e passei a usá-lo para minha página pessoal, também mudei meu email principal para fabricio@ neste domínio. Tudo muito bem.

Até que umas duas semanas atrás eu recebo um email de um Fabricio que um dia num passado remoto ja foi dono do domínio pedindo se poderia continuar usando o (agora)meu email como login dele no MSN…

Eu respondi dizendo que achava errado ele usar o email de outra pessoa como login dele, e que eu preferia que ele atualizasse o cadastro dele no site da Microsoft para que o email refletisse o que ele usa atualmente, mas que eu a princípio não tinha interesse em abrir uma conta no msn com meu email ou dar claim nesta conta existente e portanto a decisão sobre se ele deveria ou nao avisar os contatos dele do msn que sua conta estava em risco de ser sumariamente desativada era dele.

Pois bem, não fiz nada, segui minha vida normalmente sem me preocupar em sacanear ninguém, mesmo sabendo que o que ele está fazendo é controverso, para não dizer errado.

Mas acontece que eu comecei a receber pedidos de amizade do Windows Live e mensagens endereçadas a ele na minha conta de email, coisa que, coincidentemente ou não, nunca havia acontecido antes dele me avisar que tal conta existia… E agora eu estou com vontade de dar um recover password e terminar aquela conta.

O que devo fazer? Dar a ele uma semana p/ avisar todos os contatos de que ele irá mudar de msn? Deixar ele com a conta e conviver com os spams que eu não precisaria receber? Pegar a conta e avisar sobre o novo email dele eu mesmo? Auto-reply com goatse?

5 comentários:

andreyevbr disse...

Pô, o cara estava plenamente ciente de que isso poderia acontecer...


Eu avisava de que em 10 dias a conta seria confiscada, colocaria um auto-reply de que em 10 dias a conta deixaria de ser dele e ponto final!

Boa sorte!

Anônimo disse...

O registro do fabricio.org é seu. A prerrogativa de decidir é sua. Se vc quiser continuar aturando spam manda vê, caso contrário, por cordialidade você pode dar um período para confiscar a conta.

Chester disse...

No-brainer: avisa o cara que infelizmente o MSN/Live/sei-lá-o-nome-essa-semana depende muito do email, tanto que você recebe os pedidos nele, e que você gostaria que ele mudasse de conta - até porque ele vai ficar sem receber várias coisas se não fizer.

Dependendo da simpatia da resposta dele, você faz um plano de migração mais ou menos agressivo, e boa.

Marcelo Braga disse...

Sem dilemas aqui. Pega o email pra vc e esquece que esse cara existe. Sem aviso, sem mensagens, sem preocupação. Simples como deve ser.

Robson disse...

Eu não pensaria muito em um caso desses: daria um prazo pro cara fazer os acertos finais, após o prazo pegaria a conta de volta e por algum tempo seria gentil o suficiente para avisar que o "dono" da conta mudou e avisaria a nova (se ele avisou ela). Depois disso, a vida segue e o outro Fabricio que se vire. E honestamente, concordo com o andreyevbr, é algo que todo mundo deve estar preparado para enfrentar na internet. Ou pagasse pelo domínio.