segunda-feira, novembro 15, 2004

Mendicância

O que é mais ridículo/deprimente?

a) Mendigar link pro seu blog
b) Mendigar comments pro seu blog
c) Mendigar clicks no seu googleAd (o que nem é permitido diga-se de passagem)
d) Retirar o feed RSS do teu site usando as 3 anteriores como justificativa
e) Fazer posts comentando a própria audiência
f) Responder comment com post
g) Exigir agradecimento ou link de volta, como se fosse algum tipo de norma de boa conduta ou obrigação.

Eu sei lá, pode ser seja só eu, mas acho que este tipo de coisa queima muito o filme, se já fiz algum destes alguma vez por favor me desculpem, se me virem fazendo algum dia, por favor me xinguem (sempre). Eu costumo descadastrar este tipo de gente do meu bloglines, para não queimar o meu filme, as vezes eu ponho como private tb que da na mesma.

6 comentários:

Knuckles disse...

muito engraçado zuardi ¬¬

tinha vários convites lá, vc devia ter ido.

quanto a comentar comments com posts, acho engraçado. é um ótimo meio de arranjar encrenca e retomar a discussão.

Fabricio disse...

De fato, quando o objetivo é arranjar uma polemica ou provocar pessoas a tática de transferir comments para post funciona.

Eu acho meio ridiculo, muda o peso da discussao, tira de contexto e ainda passa uma imagem de arrogante, pois afinal o que você tem a dizer em reposta tem mais importancia(afinal foi motivo de post) do que os comentários dos leitores, que estao escondido em alguma caixa de comentarios empoeirada.

Lógico que estou falando sobre o meu ponto de vista e com relação a linha editorial que eu adoto no IDMOS. No caso de sites como o Pé de Boi, isso é uma feature, é desejado, faz parte do estilo e proposta da coisa. São outros quinhentos.

Quanto a festa, passei da idade...

Marcus Pessoa disse...

Acho exagero da sua parte dizer que queima o seu filme colocar links para um blog assim. Você acha realmente que alguém ia ficar se perguntando algo assim: "como é que o Fabrício me manda para esse cara?" Viagem sua isso.

Se a pessoa escreve coisas interessantes, a gente releva esses pecadilhos. Eu também me entedio com certas coisas do Alexandre, mas não acho que seja o caso de achar isso "deprimente" - se o for, o problema é dele como autor, não meu como leitor.

Achei exagerada a sua irritação, e não entendi por que você não se referiu explicitamente a ele, colocando o link, inclusive... não achei um gesto cortês de sua parte.

Fabricio disse...

Ola Marcus,

Nao, eu nao acho que alguem ia ficar perguntando como eu pude mandá-lo para um blog que pratica este ou aquele tipo de coisa, até pq, eu duvido que alguém dê a mínima para os links que eu coloco na barra lateral, tenho plena consciencia disso.

Quando digo que queima meu filme, estou me referindo mais a um critério pessoal de seleção do que qualquer outra coisa, tenho um grande numero de blogs cadastrados no bloglines, e quando eu digo grande numero, estou querendo dizer beeem grande.

Se eu fosse deixar todos os links no modo público de minha lista, os blogs dos meus amigos e de pessoas que tenho mais afinidade teriam que dividir espaço com blogs que eu mesmo nem dou tanta bola. Portanto eu prefiro fazer deste blogroll uma espécie de lista com minhas recomendações, o blog do Alexandre mesmo estava nela até algum tempo atrás, e isto não foi motivado por nenhuma gentileza nem algo do tipo, eu simplesmente achei que de vez em quando ele acertava no texto.

O problema é que a partir do momento que ele toma uma atitude de expressar publicamente o pedido de troca de links, como se fosse uma espécie de orbigação, ele caiu no meu conceito, e permanecer com o link para ele lá, diante do meu criterio de seleção pessoal e subjetivo pareceria que de certa forma eu estaria corroborando esta prática.

Não me referi explicitamente a ele no post por três motivos:

Primeiro porque ele não foi o único e nem o principal motivador deste post, isto era para ser um post genérico e não direcionado sobre o que eu não gosto na blogosfera, ja era para eu ter escrito a mais tempo, os posts recentes de blogs pelo mundo sobre o tema só me motivaram a perder um tempinho e botar no papel isso, senti que o momento era propício.

Segundo porque nenhum dos meus leitores(eles cabem numa kombi) tem nada a ver com o rolo dos Alexandres, e eu mesmo não estou com tempo nem saco para comprar briga. Achei por bem preservar os nomes dos envolvidos.

E finalmente pq não concordo com a máxima "falem mal mas falem de mim", ou, adaptando para esta realidade, "nao me importa de onde venham, eu quero links".

Se alguém, ou ele mesmo quiser se dar o trabalho de deixar o endereço aqui nos comments, nada contra.

Ivan Garde disse...

Eu caibo numa kombi!

Anônimo disse...

Acrescentaria uma coisa: usar as listas de discussão para divulgar seu blog

abs
Tiago Doria